Dirty Running

A primeira edição do Dirty Running, em Guabiruba, reuniu em torno de 60 participantes neste sábado, 24 de Novembro de 2018..

A organização da corrida criou 17 obstáculos que foram distribuídos em aproximadamente 2,8 quilômetros. Nenhum obstáculo foi revelado antes. O atleta descobria na hora o que precisaria fazer.

A prova iniciou às 10 horas, com a largada do primeiro participante: o prefeito em exercício de Guabiruba, Valmir Zirke. Os demais atletas largaram na sequência, em intervalos de um minuto. No circuito, todos os tipos de obstáculos desafiavam os participantes: escalada, subida com corda, rastejo, tudo com muita lama ou água, passando inclusive, por dentro de riachos e lagoas.

Ao final dos 2,8 quilômetros, os participantes precisavam descer uma espécie de tobogã, caindo direto em uma lagoa. O cronômetro só zerava após o atleta atravessar a lagoa e tocar o sino, que simbolizava o fim do circuito.

No início da manhã, Zirke ainda estava em dúvida se participaria ou não da corrida. No fim, com o incentivo dos atletas, decidiu aceitar o desafio. Para ele, é importante incentivar a prática esportiva, já que esporte é sinônimo de saúde.

“Vemos que tem cada vez mais pessoas praticando e só temos que incentivar atividades como essa organizada pela Assepavi, que faz um grande trabalho no nosso município. Quanto mais pessoas praticando esporte, menos estarão nas filas dos postos de saúde”.

Quem também participou da corrida foi o vereador Felipe Eilert dos Santos. Ele é triatleta e pela primeira vez participou de uma atividade neste formato. “É bem diferente do triatlo, que você sabe o que vai acontecer. Aqui é tudo diferente. É um desafio novo. Vim para me divertir, curtir o percurso sem me preocupar com o resultado”, diz.

Fabiana Rosa, 33 anos, já é uma participante frequente de corridas de obstáculos. Atleta de crossfit, ela chegou na prova com o objetivo de vencer. “Quero chegar em primeiro lugar, sempre penso assim”, diz.

Alexandre Luiz Fischer, 19 anos, também costuma participar de atividades ao ar livre e não perdeu a oportunidade de ser mais um atleta no Dirty Running. “Espero me divertir. A chuva dá até um ânimo a mais”.

As amigas Aline Bodenmuller, 21, Paola Hortência Loterio, 22, e Joice Kistenmacher, 28, estavam bastante ansiosas aguardando o início da corrida. Foi a primeira vez delas em um circuito deste tipo e o fato de descobrirem somente na hora quais seriam os obstáculos deixou a atividade ainda mais emocionante.

“A surpresa é o que nos deixa bastante ansiosas. Viemos para vencer nossos limites, nos desafiar. Nosso objetivo é conseguir completar a prova”, diz Aline.

O 1º Dirty Running só foi possível graças a todo o trabalho Voluntário realizado e contou com o apoio de: Casa de Aventura, BJNet, Hangar 360 Condicionamento Físico, Crossfit Brusque, Agência Konteúdo, Baungartner Embalagens e HLeve.

Confira os vencedores:

Categoria Masculino Categoria Feminino
1º Valmir Zirke (21m47s) 1º Munick Gabrielle da Silva (25m24s)
2º Juliano de Oliveira (21m59s) 2º Leane Pothin (30m01s)
3º Guilherme André Sedrez (22m11s) 3º Deize Marchiori (31m39s)

Matéria original de Bárbara Sales do Jornal O Município que pode ser vista na íntegra em:
https://omunicipio.com.br/atletas-testam-seus-limites-no-1o-dirty-running-corrida-em-circuito-com-obstaculos-em-guabiruba/

 

Clique aqui para conferir as fotos oficiais do evento!!!
(disponível até 28/12/2018)

 

Classificação Geral por tempo:

Nome Nº Ins. Tempo
Valmir Zirke 0 00:21:47,42
Juliano de Oliveira 1 00:21:59,05
Guilherme André 17 00:22:11,22
Guilherme H. Duarte 64 00:22:23,00
Daniel Dalpiaz 2 00:22:40,40
Edio Luiz Marian Jr. 54 00:22:48,00
Jose Luiz Mazzoli 31 00:23:57,00
Felipe Eilert 18 00:24:15,00
Marcio Willian 4 00:24:29,35
10º Alexandre Luiz 19 00:24:56,00
11º Munick Gabrielle da 10 00:25:24,01
12º Diogo Pinheiro 20 00:25:42,00
13º José Carlos de Souza 62 00:25:44,00
14º Rennan Gustavo 57 00:28:14,00
15º Eduardo de Modesti 46 00:28:19,00
16º Fernando Areais 21 00:28:42,00
17º Diogo Crespi 13 00:28:42,00
18º Charles Hediney 12 00:29:39,00
19º Douglas da Cunha Silva 34 00:29:44,00
20º LEANE POTHIN 61 00:30:01,00
21º Renan G. Oliveira 63 00:30:36,00
22º Marden Koch 39 00:30:48,00
23º William Hoffmann 51 00:31:16,00
24º Deize Marchiori 37 00:31:39,00
25º Jean Carlos Candido 36 00:32:07,00
26º Paola Hortência 52 00:32:25,00
27º Carlos Eduardo Stedile 53 00:32:52,00
28º Rubia Maria stedile de 24 00:32:52,00
29º Juliane Cristina Zandonai do 7 00:33:04,00
30º Luana Cristina 5 00:33:06,12
31º Adelita Cristina Gesser 32 00:33:29,00
32º Davi Luan de 6 00:34:11,00
33º Daiane Bottamedi 33 00:35:03,00
34º Daniel Francisco 27 00:35:30,00
35º Edimar Legal 9 00:38:53,00
36º Cintia Veber 29 00:39:34,00
37º Marcos Ricardo de 43 00:40:35,00
38º Franciele Dubiella 42 00:40:51,00
39º Fabiana Aparecida da 22 00:41:15,00
40º Valesca Siegel 50 00:41:19,00
41º Andresa Schaefer 55 00:41:23,00
42º Mauricio Rodolfo Gomes de 15 00:42:01,00
43º FABIANA FERREIRA 26 00:43:12,00
44º Daniela Bruna 44 00:43:22,00
45º Joice Vilma Borinelli 28 00:43:47,00
46º Lauriane Freitas 23 00:44:28,00
47º Anielli Daiane 3 00:46:27,00
48º Aline Ester da Silva 49 00:46:45,00
49º Stefani Veber 8 00:46:59,00
50º Thuany Schlindwein 11 00:47:50,00
51º HALLEY SCHAEFER 35 00:47:52,00
52º Mara Lucia 45 00:52:29,00
53º Paloma Trainotti 41 00:53:04,00
54º Alesandra da Luz 56 00:54:00,00
55º Vicente Rosa Junior 40 00:54:07,00
56º Morgana Raulino 38 00:55:57,00
57º Francisca Maria 59 00:57:32,00
58º Alexandra Rubia 58 00:58:35,00
59º Joice Kistenmacher 48 01:09:32,88
60º Carlos Henrique Fantoni 30 01:15:21,00
61º PAULO ROBERTO FONSECA 25 01:55:00,46

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: